quarta-feira, 11 de julho de 2012

VOCÊ PODE MUDAR, NÃO TENHA MEDO, VOTE PSOL 50, BETO SIEBRA PARA PREFEITO.

Professor Maurício Lima e Beto Siebra, juntos para mudar Camocim

O texto a baixo, mostrar que em 16 anos nada mudou para melhor em Camocim, pelo contrário, muito coisa deixou de existir. Por isso, pense bem antes de votar para prefeito e vereador no próximo dia 7 de outubro, veja se entre as opções que o texto fala, alguma vai resolver o problema do esgoto a céu aberto na Olinda, na Boa Esperança, nos Apossados, nos Coqueiros, isso para falar só nesses bairros. Será que um dos candidatos que representam eles vão resolver o problema dos médicos faltando no PSFs, será que eles vão fazer com que Camocim seja realmente uma cidade turistica. Pense bem, mudar não significa retroceder, muito menos permanecer no mesmo.
Mudar significa:
REMOVER, PÔR EM OUTRO LUGAR, DESLOCAR. ALTERAR, MODIFICAR, TRANSFORMAR, CONVERTER. TROCAR, SUBSTITUIR.
Então:
MUDE PARA O SOL, CAMOCIM TEM PRESSA

 DOIS PREFEITOS,UM LEGADO.
Ano Eleitoral. Enfim, 16 anos se passaram e os dois grupos políticos mais fortes da cidade praiana de Camocim já tiveram a chance de comandar a cidade por quase uma década cada um. E o que vimos? Uma sequência de trapalhadas com algumas faíscas de acertos, onde se criou a cultura de endeusar um e satanizar o outro. Sérgio Aguiar (PSB) e Chico Vaulino (PP) vão agora para o 'tira-teima', para ver quem é o cacique de verdade por estas bandas.
Enquanto um é castigado por não ter cumprido o inquestionável teorema de Maquiavel onde diz "ao povo o que é do povo", o outro esqueceu da infalível tática do "pão e circo" que sempre deu certo em toda a história da humanidade, e como gestor, não a aplicou. Resultado: deu merda. Até o mais incipiente dos políticos sabe que a massa popular gosta é de dinheiro no bolso e de grandiosos eventos para se divertirem. Tanto que em vez de investir na educação, saúde e segurança, o Governo vem e traz a Copa do Mundo e as Olimpíadas, e o povo acha é bom.
Mas vamos dar poder ao mérito, enquanto o agora deputado Aguiar deu um "boom" no aspecto físico da cidade, Vaulino pegou mais pelo lado social e aos bairros mais periféricos, mas é pouco. Camocim perdeu mais do que ganhou nos últimos quase 20 anos. Só cego não vê isso. Enfim, os dois "líderes da massa" deixam um legado: de que é preciso mudar, talvez não este ano, mas o mais rápido possível. Pois quando os políticos são ruins e o povo marcado vira o povo feliz, a inércia tende a reinar em um futuro pífio para os camocinenses.
Fonte: Blog Fazendozuada

Um comentário: