segunda-feira, 17 de abril de 2017

Bancários em Assembleia


Na próxima quarta-feira, dia 19/4, os bancários do Ceará se reúnem em assembleia geral extraordinária, a partir das 19h, na sede do Sindicato (Rua 24 de Maio, 1289 – Centro), para debaterem sobre a greve geral do dia 28 de abril.
Essa foi a data escolhida para que os trabalhadores parem o País mandando um recado alto e claro para os parlamentares corruptos e o governo golpista: NENHUM DIREITO A MENOS! A greve geral será um passo decisivo na luta que continuaremos a travar, sem trégua, para derrotar o governo ilegítimo que aí se encontra.
O objetivo é PARAR TUDO, a exemplo do que aconteceu na Argentina no último dia 6/4 contra as medidas neoliberais do governo Macri. Sairemos às ruas, como fizemos nos dias 8, 15 e 31 de março, para denunciar e repudiar a reforma da Previdência, que pretende acabar com o direito de se aposentar, além de protestarmos contra a reforma trabalhista, que rasga a CLT e contribui para a precarização do trabalho.
Iremos às ruas também para repudiar a lei da terceirização, recentemente sancionada pelo ilegítimo Temer, que fragiliza a organização sindical e permite a terceirização irrestrita, sem nenhuma segurança em relação ao trabalho e a direitos básicos, como férias, 13º, jornada, descanso remunerado, horas extras, entre outros direitos fundamentais, conquistados após décadas de muita luta.
Essa deliberação foi tomada após uma cuidadosa análise de conjuntura. As principais vítimas desse processo são os trabalhadores penalizados com o desemprego, que atinge a assombrosa marca de cerca de 13 milhões de pessoas.
Temos motivos de sobra para repudiar o governo ilegítimo e para conclamar a classe trabalhadora para a greve geral no dia 28 de abril.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO
ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas do Ramo Financeiro no Estado do Ceará (SINTRAFI-CE), antes denominado Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários no Estado do Ceará, com inscrição no CNPJ sob o nº. 07.340.953/0001-48 e registro sindical MTIC nº 208.327-59, por intermédio do seu Presidente, abaixo assinado, convoca todos os empregados em empresas do ramo financeiro, sócios e não sócios, da base territorial deste sindicato, para a Assembleia Geral Extraordinária   que se   realizará no dia 19 de abril de 2017, às 18h30h, em primeira convocação, e às 19h00min, em segunda convocação, na sede desta entidade, sito na Rua 24 de Maio, 1289 – Centro, Fortaleza/CE, para tratar sobre a seguinte ordem do dia: discussão e deliberação acerca de paralisação das atividades no dia 28 de abril de 2017 a partir da 00h00 (zero hora).

Fortaleza, 08 de abril de 2017.

Carlos Eduardo Bezerra Marques – Presidente
Fonte: SEEB/CE
Última atualização: 17/04/2017 às 12:17:33

quinta-feira, 6 de abril de 2017

CONSTRUÇÃO ABANDONADA PELA PREFEITURA DE CAMOCIM?????

O vereador Marcos Coelho publicou hoje o texto a baixo em sua página no Facebook, acompanhado de várias fotos. O texto e as fotos referem-se a uma obra iniciada e abandonada por parte da Prefeitura Municipal de Camocim. Segue na íntegra o texto publicado pelo Vereador Marcos Coelho:
“Cara Prefeita Mônica Aguiar desculpe, mas só quero lhe ajudar...é q estive conversando com os moradores dos Bairros Boa Esperança, Apossados, Cohab, São Francisco e Nossa Senhora de Fátima e eles pediram para lembra a senhora que OUTRA OBRA DE SUA GESTÃO, ESTAR ABANDONADA...MAIS UMA...é um pequeno Mercado Público, que custou quase 1milhão de reais e que deveria estar servindo aos pequenos comerciantes que desejam vender seus produtos e logicamente aos consumidores daquela esquecida área urbana de nosso Município, que querem comprar em 1 mercado mais perto de suas casas. Essa "grandiosa" obra, q deveria tá pronta, em 01/03/2017...mal começou e depois foi abandonada!!!!! Tem explicação, Prefeita????”









quinta-feira, 23 de março de 2017

VEJA O QUE VOCÊ FEZ COM O BRASIL

PISCINÃO DO ALBA MARIA

ATENÇÃO POPULAÇÃO DE CAMOCIM!!
O problema do alagamento ao lado da escola Alba Maria já foi solucionado. Já que não quiseram resolver eu fui lá e resolvi... E de quebra, ainda arrumei um emprego pra ganhar um dinheirinho já que em Camocim não tem. Óia aí mermão! Rsrs...


quinta-feira, 9 de março de 2017

O FIM DA APOSENTADORIA

O Brasil vive um momento muito complicado atualmente. Nós estamos sendo governados por um presidente ilegítimo, a democracia foi colocada em “cheque”, o Judiciário está de joelhos e nada faz para impedir a venda do Brasil para os governos estrangeiros, e por último e muito mais perigoso, estamos ameaçados de perdermos o direito a aposentadoria.
O governo ilegítimo de Michel Temer pretende fazer uma reforma na previdência que vai obrigar o trabalhador a se aposentar com no mínimo 65 anos. O problema, é que a população não está percebendo o que está acontecendo. Fazendo alguns cálculos aqui de cabeça, levando em conta o que já foi falado sobre a proposta enviada aos parlamentares, para que o trabalhador que ganha por mês um Salário Mínimo, possa após a aposentadoria continuar ganhando esse mesmo Salário Mínimo, ele vai ter que começar a trabalhar aos 16 anos. Parece mentira, mas é isso mesmo. A aposentadoria integral, isso com 100% do salário que o trabalhador recebe quando está trabalhando, só será permitida, ao trabalhador que tiver 49 anos de Contribuição Previdenciária. Assim, você que hoje tem 16 anos, teria que começa a contribuir para a Previdência agora, mesmo que não esteja trabalhando. Pois cada ano a menos de contribuição, será descontado um percentual sobre o salário que você receberá ao se aposentar, claro, se viver o suficiente. Levando em conta, que hoje, a maioria dos trabalhadores só conseguem empregos com Carteira de Trabalho e Previdência Social assinada, apenas após os 19 anos, esses trabalhadores só poderiam se aposentar com todos os direitos ao completarem 68 anos de idade, se caso completarem. A aposentadoria é um momento da vida do trabalhador, onde ele pensa em aproveitar para viajar, curtir a família, conviver com os netos, mas pelo visto, com essa proposta vergonhosa de reforma da previdência, o destino do trabalhador, vai o curtir o cemitério.
Olhando para tudo isso, faço aqui algumas perguntas:
Por onde andam aquelas pessoas que foram as ruas contra a corrupção e a favor de tirar a presidenta Dilma?
Será que todos já estão aposentados? E por isso não estão nem ai para o que está acontecendo?
Onde estão os jovens estudantes, que hoje têm 16 anos, que com a possível aprovação da reforma da previdência, só vão se aposentar se trabalharem 49 anos?

José Maurício Silva Lima

BEM FEITO!!! POBRE TAMBÉM TEM DIREITOS.

JUIZ QUE BARROU AUDIÊNCIA PORQUE LAVRADOR USAVA CHINELO TERÁ DE PAGAR R$ 12 MIL

Do UOL, em São Paulo 09/03/201710h56 > Atualizada 09/03/201713h38

Um juiz do Paraná que impediu um lavrador de participar de uma audiência porque usava chinelos terá de pagar R$ 12 mil à União. O valor se refere a indenização por danos morais que o trabalhador ganhou em ação contra o governo fed... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/03/09/uniao-vence-acao-contra-juiz-que-adiou-audiencia-do-lavrador-de-chinelos.htm

PREFEITA DE GRANJA FAZ ACORDO E PREFEITO DE MARTINOPOLE FICA COM PRESIDENTE DO CONSÓRCIO REGIONAL DE SAÚDE

PREFEITO DE MARTINÓPOLE É ELEITO POR UNANIMIDADE PRESIDENTE DO CONSÓRCIO REGIONAL DE SAÚDE.


Foto do Revista Camocim
Apenas Camocim não compareceu a eleição.

Ocorreu na manhã  de hoje a eleição do Consórcio Regional de Saúde Pública de Camocim, em que foi eleito presidente, por unanimidade, o prefeito de Martinópole Júnior Fontenele, com mandato para o biênio 2017/21018.

Dos 5 (cinco)  municípios que compõe a micro região, apenas Camocim não compareceu. Júnior Fontenele recebeu apoio de Granja, Chaval, Barroquinha e do Governo do Estado. 

Articulação

O ex-prefeito de Granja, com apoio do deputado Robério Monteiro, comandou a articulação e chegou a colher a assinatura dos prefeitos que compões a Microrregião - exceto Camocim - numa manifestação de apoio à Granja. No entanto, considerou melhor canalizar todo o apoio recebido  a candidatura de Martinópole. 

Alfinetada

Nesta eleição, a prefeita de Camocim, Monica Aguiar, ficou só! Não logrou êxito na articulação politica. Não recebeu apoio de ninguém. Apenas do seu esposo, o Sérgim, que neste caso, "não serviu de nada!" Rodou ela e ele! 

Carlos Jardel 
Fonte da Informação
http://www.revistacamocim.com/