sábado, 26 de novembro de 2011


Aulas da rede estadual em Fortaleza devem durar até abril de 2012

25 de novembro de 2011 // 18h04    (Thais Martins)

As aulas da rede estadual em Fortaleza referentes ao atual ano letivo devem terminar somente em abril de 2012, disse nesta sexta-feira (25) ao Diário do Nordeste o diretor do Sindicato dos Professores do Estado do Ceará (Apeoc), Anízio Melo. Já no Interior o ano deve ser encerrado em janeiro ou fevereiro, segundo o dirigente.
O anúncio é feito no mesmo dia em que a categoria encerrou em definitivo a greve. A decisão foi tomada em assembleia no Ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza.
De acordo com Anízio, a greve afetou as escolas de forma diferente na Capital e no Interior, em virtude da participação dos professores no movimento. O fato faz com que as unidades tenham prazos diferentes para o fim do ano letivo. "No interior, o calendário deve ir até janeiro ou fevereiro. Na Capital, as aulas devem ir até abril, no mínimo", explica.
Anízio aponta que as escolas devem ter autonomia para preencher o calendário escolar com o objetivo de cumprir os 200 dias letivos e 800 horas - o mínimo obrigatório previsto por ano. "O calendário será feito com o acompanhamento da Secretaria de Educação (Seduc) e do sindicato", diz.

Recesso 

Ainda este ano, mesmo após a greve, devem ser cumpridos 15 dias de férias pela categoria, previstos por lei para os docentes, segundo Anízio. "Os professores têm direito a 30 dias de férias no meio do ano e 15 dias no final do ano. Os 30 dias do meio do ano já foram cumpridos, mas nós ainda teremos os 15 dias de recesso", indica.

Estabilização do ano letivo

De acordo ainda com Anízio, o sindicato e o governo estão analisando alternativas para a estabilização do ano letivo em 2012. "Estamos vendo alternativas que não prejudiquem os estudantes. Ainda vamos discutir com o governo uma forma pedagógica para que o próximo ano letivo esteja mais estabilizado", explica.
O diretor diz ainda que até a próxima semana o sindicato já terá um detalhamento desse processo. "Toda greve gera esse desconforto", diz.

O Diário do Nordeste Online tentou ouvir a Seduc, mas os telefones não foram atendidos.
Fonte da Informação Jornal DN

domingo, 20 de novembro de 2011

CLASSIFICAÇÃO BRASILEIRO 2011 - SÉRIE A



Carregando tabela de Central Brasileirão...
Tabela gerada por Central Brasileirão



COM GOL DE ADRIANO, CORINTHIANS VIRA E GARANTE LIDERANÇA
Imperador marcou aos 43min do segundo tempo e selou virada do Timão

DJALMA VASSÃO / Gazeta Press

Com uma suada virada, o Corinthians derrotou o Atlético Mineiro por 2 a 1, neste domingo, no Pacaembu, e se garantiu na liderança do Brasileirão. O gol da vitória foi marcado por Adriano, que entrou no segundo tempo e balançou as redes pela primeira vez com a camisa do time paulista. A vitória assegurou o Corinthians na fase de grupos da próxima Copa Libertadores.
Faltando duas rodadas para o fim do campeonato, o resultado manteve a indefinição na tabela. O Corinthians, que iniciou a rodada na liderança, chegou a perder provisoriamente a ponta no sábado com a vitória do Vasco sobre o Avaí por 2 a 0, em São Januário. Contudo, retomou o primeiro lugar neste domingo. Os dois triunfos mantiveram a diferença de apenas dois pontos entre os dois times. O Corinthians soma 67, contra 65 do Vasco.
Na penúltima rodada, que será toda disputada às 17 horas do próximo domingo, o time paulista enfrentará o Figueirense, que briga por uma vaga na Libertadores, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. O Vasco terá pela frente o clássico com o Fluminense, no Engenhão. A última rodada terá Corinthians x Palmeiras e Vasco x Flamengo.
Pressionado pela vitória do Vasco no sábado, o Corinthians impôs forte ritmo à partida no início, na tentativa de surpreender o Atlético. Mostrava maior disposição em campo, controlava a posse de bola e chegava ao ataque com mais frequência. No entanto, parava na estratégia atleticana de se concentrar na marcação e apostar nos contra-ataques.
Desta forma, o time da casa até alcançava o ataque, mas não se aproximava do gol de Renan Ribeiro. As melhores chances surgiam em chutes de longa distância. Aos 6, Willian pegou de primeira de fora da área e mandou rente à trave esquerda do goleiro atleticano. Aos 20, Paulinho bateu de longe, por cima do gol, sem perigo.
O Atlético, por sua vez, quase não ameaçou o gol de Júlio César. Mesmo adiantando a marcação, a equipe mineira não conseguia levar perigo nos contra-ataques liderados por Daniel Carvalho, Bernard e Carlos César.
Mas a situação se inverteu no começo do segundo tempo. Com maior iniciativa, o Atlético cresceu no ataque e passou a ameaçar o gol corintiano, enquanto o time da casa, mais recuado, investia nos contra-ataques.
A mudança de postura deu resultado ao Atlético logo aos 9 minutos. Em jogada ensaiada, Richarlyson acionou Daniel Carvalho, que cruzou na área para o zagueiro Léo Silva surpreender a defesa corintiana e completar de cabeça para as redes. Carlos César ainda quase marcou o segundo, aos 19. Ele aproveitou vacilo da defesa na direita, passou por dois marcadores, entrou na área e mandou na trave.
Assustado pelo crescimento do rival, o técnico Tite colocou Alex e Adriano em campo, nas vagas de Danilo e Willian. E o Corinthians partiu para o ataque em busca do empate. Foram duas grandes chances de gol em dois minutos. Aos 22, Liedson mandou no ângulo com perigo, mas parou em Renan Ribeiro. Na sequência, o goleiro atleticano fez outra grande defesa, ao defender chute perigoso de Alex.
Com forte pressão sobre a defesa atleticana, o Corinthians chegou ao empate aos 32 minutos. Alessandro cruzou da direita e Liedson completou de cabeça para o gol. A virada veio aos 43, dos pés de Adriano. Emerson puxou contra-ataque pela esquerda e acionou o atacante, que bateu na saída do goleiro e marcou seu primeiro gol com a camisa do Corinthians, assegurando a 20ª vitória do líder no campeonato.
O revés manteve o Atlético na briga para escapar do rebaixamento. Com 42 pontos, o time mineiro ocupa a 15ª posição da tabela, logo à frente do rival Cruzeiro, que tem 39. Nas duas últimas rodadas, o Atlético vai encarar o Botafogo, em Sete Lagoas, e o próprio Cruzeiro, novamente na Arena do Jacaré.

Fonte da Informação R7

sexta-feira, 18 de novembro de 2011


APROVADOS EM CONCURSOS FEDERAIS SERÃO CONVOCADOS

O concurso do Senado já foi confirmado, mas ainda não tem edital, mesmo assim, nos cursinhos já têm gente se preparando. A concorrência deve ser grande.  Serão 246 vagas, com salários entre R$ 14 mil e 24 mil. No Judiciário, o Tribunal Superior Eleitoral divulgou edital para cadastro de reserva. Os salários de R$ 4 mil e R$ 6.600. A Petrobras também vai fazer concurso, são 350 vagas, com salários de R$ 2.100 a R$ 6.200. Quem já foi aprovado em concurso, mas ainda não foi chamado não deve perder a esperança. O Governo Federal diz que até o ano que vem estas convocações podem sair. O Ministério da Saúde, por exemplo, está convocando mais de 500, de um concurso do ano passado. Até 2012, segundo o Ministério do Planejamento, novas autorizações vão depender da conjuntura econômica e das prioridades do governo. Entre as áreas prioritárias estão educação, saúde, segurança e o que for ligado à Copa do Mundo e às Olimpíadas.
Fonte da Informação Blog CAMOCIM ONLINE e Postado por Tadeu Nogueira às 15:03h

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

CEARÁ X CORINTHIANS: MELHORES MOMENTOS

video


Por ESPN.com.br, espn.com.br, Atualizado: 16/11/2011

Corinthians passa sufoco com Ceará, mas vence no fim e abre vantagem na ponta

Líder do Campeonato Brasileiro teve problemas com o rebaixável time nordestino, mas contou com a sorte e com a ajuda do rival Palmeiras contra o Vasco para se distanciar na ponta
O Corinthians novamente fez seu torcedor sofrer e não mostrou futebol de campeão, mas venceu o Ceará por 1 a 0, fora de casa e deu um passo muito importante até o título brasileiro. O peruano Ramirez marcou aos 35 minutos do segundo tempo depois de o time visitante tomar sufoco no primeiro tempo e isolou os paulistas na liderança.

Tudo porque além de vencer, o Corinthians contou com a ajuda do seu arquirrival, o Palmeiras, que empatou por 1 a 1 com o Vasco, no Pacaembu. Agora, além de levar vantagem no número de vitórias, o time de Parque São Jorge tem dois pontos a mais que os cariocas - 64 a 62. Há quatro meses o Corinthians não vencia dois jogos seguidos.

No domingo que vem, os comandados do técnico Tite recebem o Atlético-MG, no Pacaembu. Com 35 pontos ganhos e na zona de rebaixamento à segunda divisão, o Ceará volta a campo um dia antes, no sábado, quando visita o Grêmio, no Olímpico.

O jogo
Precisando vencer para deixar a zona de rebaixamento, o time da casa foi para cima desde o início e criou as melhores oportunidades da etapa inicial. A primeira delas saiu logo aos seis minutos. Livre, o volante João Marcos recebeu cruzamento na área e cabeceou baixo, no canto direito de Julio Cesar, que esticou o braço para espalmar a bola para fora.

A boa chance desperdiçada não seria a única. Sete minutos mais tarde, o zagueiro corintiano Leandro Castán bobeou à frente de Osvaldo, que cruzou rasteiro para o meio da área buscando Felipe Azevedo e viu o lateral direito Alessandro se antecipar para colocar pela linha de fundo. Depois disso, Julio Cesar ainda salvou cabeceio no canto esquerdo e viu Felipe Azevedo chutar por cima do gol ao chegar sozinho até a área.

Bem postado defensivamente e tendo sucesso na velocidade de Osvaldo pelas duas pontas do campo, o Ceará praticamente não foi ameaçado. O Corinthians só assustou a torcida cearense em duas faltas. Na primeira, o goleiro Fernando Henrique soltou a bola na área, mas foi beneficiado por choque com Paulo André. Já na outra, Fábio Santos bateu forte, e a bola passou perigosamente perto da trave direita do arqueiro adversário.

Quando não podia contar com jogadas de bola parada, a equipe visitante pecava na transição além do meio-campo, tanto que, à exceção de Emerson, que buscava bolas junto aos volantes, os outros atacantes do Corinthians mal tocaram na bola, especialmente Liedson, anulado pela retaguarda rival. O camisa 9 inclusive foi sacado no intervalo para a entrada de Morais.

O Corinthians até equilibrou mais as ações no retorno para o segundo tempo, jogando com a marcação um pouco mais adiantada, mas mais uma vez sem criatividade. As boas chances saíram só depois da primeira metade da etapa. Morais soltou uma pancada à distância, e Fernando Henrique soltou rebote nos pés de Leandro Castán, que não aproveitou. Depois, Fábio Santos invadiu a área e chutou no goleiro do Ceará.

Para tentar resolver o problema da falta de criatividade, o técnico Tite tirou o meia Danilo, que esteve apagado em campo, e colocou Ramírez. A mexida faria efeito direto no marcador da partida pouco tempo depois. Aos 35 minutos, o peruano invadiu a área pelo lado esquerdo, passou por Fabrício e chutou cruzado para vencer Fernando Henrique e definir a vitória.

FICHA TÉCNICACEARÁ 0 X 1 CORINTHIANS
Local: Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE)
Data: 16 de novembro de 2011 (quarta-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva e Marrubson Melo Freitas (DF)
Cartões amarelos: Fabrício e Daniel Marques (Ceará); Leandro Castán e Fábio Santos (Corinthians)
Cartão vermelho: Fabrício (Ceará)
Gol: CORINTHIANS: Ramírez, aos 35 minutos do segundo tempo

CEARÁ: Fernando Henrique; Heleno (Boiadeiro), Fabrício, Daniel Marques e Eusébio; João Marcos, Juca, Michel (Washington) e Thiago Humberto (Leandro Chaves); Felipe Azevedo e Osvaldo
Técnico: Dimas Filgueiras

CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro, Paulo André, Leandro Castán e Fábio Santos; Edenílson, Ralf e Danilo (Ramírez); Willian (Wallace), Emerson e Liedson (Morais)
Técnico: Tite 

terça-feira, 15 de novembro de 2011






Fotos Denilson Siqueira
Na manhã deste dia 15 centenas de jovens de Camocim participaram da Marcha Contra a Corrupção. Eles saíram da Praça da Igreja de São Francisco e caminharam pelas ruas da cidade pedindo para que se dê um basta na corrupção no país, fazendo manifestações de apoio ao projeto “Ficha Limpa”, que está na pauta de discursão do Supremo Tribunal Federal. A marcha foi organizada por meio da rede social Facebook e mobilizou estudantes, padres e sociedade civil que fortaleceram a manifestação. O número de pessoas que participou do movimento foi considerado pequeno, porém o entusiásmo e o sonho de mudar a sociedade brasileira para melhor fez com que as palavras de protesto, as faixas e cartazes que repudiavam os corruptos dessem força ao movimento que segundo os organizadores ainda vai se repetir.
A marcha parou na Praça Pinto Martins onde manifestantes falaram sobre seus objetivos e convocaram as pessoas a eliminarem corruptos das instituições públicas em todas as esferas.
O CORREIO OnLine - (Denilson Siqueira)

segunda-feira, 14 de novembro de 2011


TITE RELACIONA ADRIANO PARA JOGO CONTRA O CEARÁ
Atacante ficará no banco de reservas nesta quarta-feira (16), em Fortaleza

O técnico Tite confirmou nesta segunda-feira (14) que Adriano será relacionado pela segunda vez seguida no Corinthians. O atacante ficará no banco de reservas no duelo contra o Ceará, na quarta-feira (16), em Fortaleza.
Será a primeira vez que Adriano será convocado para um jogo fora de casa. Nas outras três partidas que disputou, o atacante atuou diante da torcida, no Pacaembu - contra Atlético-GO, Botafogo e Atlético-PR.
Enquanto Adriano se junta à delegação corintiana, o zagueiro Chicão, o atacante Jorge Henrique e o meia Alex ficarão em São Paulo. Machucados, eles foram vetados e nem viajam com o grupo. Chicão e Jorge Henrique se recuperam de lesão muscular na coxa direita. Alex sofre com uma contusão na coxa esquerda.
Outro desfalque certo é o volante Paulinho. Suspenso, ele deverá ser substituído por Edenílson. Em compensação, o lateral Alessandro volta ao time e recupera sua posição entre os titulares, após cumprir suspensão na rodada passada.
Fonte da Informação R7

domingo, 13 de novembro de 2011

CLASSIFICAÇÃO DO BRASILEIRO 2011 - SÉRIE A

Carregando tabela de Central Brasileirão...
Tabela gerada por Central Brasileirão


                       

quinta-feira, 10 de novembro de 2011


Preparador corintiano libera Adriano para jogar no domingo
Por Vítor Marques, estadao.com.br, Atualizado: 10/11/2011

Preparador corintiano libera Adriano para jogar no domingo

SÃO PAULO - O preparador físico do Corinthians, Fábio Mahseredjian, liberou nesta quinta-feira o atacante Adriano...


"Adriano participou do coletivo nesta quinta"

SÃO PAULO - O preparador físico do Corinthians, Fábio Mahseredjian, liberou nesta quinta-feira o atacante Adriano para jogar de domingo, contra o Atlético-PR, no Pacaembu, pela 34ª rodada do Brasileirão. Agora, a decisão está nas mãos de Tite, que deve levar o jogador para ficar como opção no banco de reservas.
'Se o Tite me perguntar se ele tem condições de jogar, direi que sim. Dá para jogar 30, 35 e até 40 minutos num nível satisfatório', afirmou o preparador físico após Adriano participar do treino coletivo realizado na tarde desta quinta-feira no CT do Parque Ecológico - o atacante aguentou bem os 40 minutos de atividade.
Depois de um longo período de recuperação por causa da cirurgia no tendão de Aquiles, Adriano estreou dia 9 de outubro no Corinthians. Entrou no segundo tempo da vitória sobre o Atlético-GO. No jogo seguinte, contra o Botafogo, ele também atuou alguns minutos. Mas estava visivelmente fora de forma.
Assim, Adriano foi afastado dos jogos para poder treinar e melhorar a condição. Agora, ele parece estar em condições de poder jogar num 'nível satisfatório'. 'O Adriano melhorou bastante na última semana, vem se dedicando, está muito empenhado e já perdeu bastante peso', disse Fábio Mahseredjian.
Segundo o preparador físico, a participação dele naquele dois jogos não atrapalhou o trabalho de preparação. 'O que prejudicou um pouco foram as dores no tornozelo (operado). Quando o atleta sente dor, ele gasta duas vezes mais energia para treinar. Se cansa mais rapidamente e o treino fica mais pobre', explicou.
STJD
Assim como Adriano, o atacante Jorge Henrique também deve ficar como opção no banco de reservas para o jogo de domingo. Ele volta após sofrer lesão muscular na coxa direita. Para o lugar do meia Alex, contundido, Tite pretende utilizar Emerson. Ocorre que Emerson será julgado nesta sexta-feira no STJD e se for condenado, não atua.
Emerson é acusado de agressão ao jogador do Avaí durante a partida do dia 30 de outubro, quando o Corinthians venceu por 2 a 1. Se ele for condenado e não puder atuar domingo, a tendência é que Tite escale o volante Edenílson no lugar de Alex. Morais também tem chance.

Fonte da Informação:
http://esportes.br.msn.com/futebol/preparador-corintiano-libera-adriano-para-jogar-no-domingo-1

GOVERNO ASSINA ATO DE NOMEAÇÃO NA 2ª FEIRA DE 300 PROFESSORES CONCURSADOS
10 NOVEMBRO 2011

Após constantes cobranças do Sindicato APEOC, a direção da entidade arrancou do governo, na manhã de hoje (10/11), o compromisso de que na próxima segunda-feira, dia 14 de novembro, o Ato de Nomeação de 300 professores concursados será assinado pelo governador em exercício, Domingos Filho, no Palácio da Abolição. O secretário executivo da SEDUC, Idilvan Alencar, após contato feito pelo Sindicato APEOC, informou sobre o atendimento do governo à mais uma reivindicação da entidade classista: nomeação de professores.
Esta vitória completa o ciclo de convocação e nomeação de professores aprovados no último concurso para o magistério (ano de 2009). Agora, vamos acompanhar a efetivação do compromisso e a agilidade das lotações dos educadores nas escolas da rede estadual de ensino.

A LUTA CONTINUA!
JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!

Fonte da Informação site APEOC

CÂMARA DE CAMOCIM APROVA PROJETO PARA REALIZAÇÃO DE CONCURSO

Em sessão ordinária, realizada na noite de quarta-feira (09), a Câmara de Vereadores de Camocim aprovou o Projeto de Lei que cria 641 vagas para provimento de cargos na administração pública municipal. O tão aguardado concurso público de Camocim teve sua primeira etapa realizada. Agora é esperar que o Prefeito Chico Vaulino (PP) decida pela divulgação do edital na imprensa, respeitando a lei de licitação, quando deverá haver a escolha, através de pregão eletrônico, da empresa responsável pela coordenação do concurso. 
Em entrevista ao radialista Autran Santos, o Defensor Público, Edmar Albuquerque, um dos principais responsáveis pela inicio, na prática, da concretização do já "encantado" concurso, disse esperar que o edital e inscrições comecem ainda este ano, já que, pelo termo de ajuste de conduta, assinado pelo prefeito, todos os aprovados devem estar convocados até o dia 31 de janeiro de 2012, sob pena de multa diária de R$ 500,00 por cada um dos quase 900 contratados que existem hoje na administração municipal. Sendo que esse número é contestado, pois há indícios de que, os empregos por indicação política, podem chegar a 1.200. Vale lembrar que a história desse concurso rola há 2 anos e 6 meses. Alguns dizem que o prefeito vai tentar empurrar os trâmites até 90 dias antes das eleições do próximo ano, quando, por força de lei eleitoral, ficaria impossível a realização de concurso público.
Postado por Tadeu Nogueira às 15:04h 
Fonte Camocim ONLINE

terça-feira, 8 de novembro de 2011

ADVOGADA DE ESTUDANTES DA USP ENTREGA VALOR DE FIANÇA EM DELEGACIA
Quantia apresentada foi de R$ 39.240; seis estudantes ainda iriam prestar depoimento
Fernando Gazzaneo, do R7

A advogada Eliana Lucia Ferreira, que representa os cerca de 70 estudantes detidos da USP (Universidade de São Paulo), informou ao R7 que, por volta das 20h20 desta terça-feira (8), já havia entregue o valor de R$ 39.240, que corresponde à fiança do grupo, à delegada Maria Leticia Camargo, do 91º Distrito Policial, na zona oeste da capital.
Segundo ela, os alvarás de soltura já estavam sendo elaborados e os estudantes encaminhados ao IML.
- Os exames [de corpo de delito] do IML vão comprovar as agressões que alguns estudantes disseram ter sofrido durante o processo de desocupação do prédio da USP.
Mais uma vez a delegada reforçou que nenhum dos estudantes se manifestou durante o interrogatório. Eles disseram que só se manifestariam em juízo.
Durante a tarde, a mãe de um estudante foi detida por xingar um policial militar durante a manifestação organizada em frente ao 91º Distrito Policial, para onde cerca de 70 estudantes detidos durante a reintegração de posse foram levados.
De acordo com o delegado Dejair Rodrigues, a mulher, que estava na delegacia por volta das 16h30, iria assinar um TC (Termo Circunstanciado) e seria liberada na sequência.
Os estudantes detidos na USP se recusam a prestar esclarecimentos à polícia. Todos passarão por exame de corpo de delito.
Ainda segundo o delegado, caso a fiança não seja paga, os alunos ficarão recolhidos no 91º Distrito Policial, na Gastão Vidigal, zona oeste de São Paulo. Para tentar liberar os universitários, sindicatos de trabalhadores de diversas categorias do Estado de SP conseguiram arrecadar R$ 35 mil para pagar fiança das 73 pessoas detidas durante a desocupação da reitoria.
O dinheiro será usado caso eles não sejam liberados pelo habeas corpus, já pedido pelo advogado Rodrigo Frateshi, que faz parte do grupo de defensores dos estudantes presos.
REINTEGRAÇÃO
Por volta das 5h20 desta terça, a Polícia Militar, em cumprimento de ordem judicial de reintegração de posse, começou a retirar os estudantes do prédio. Cerca de 70 pessoas foram detidas, a maior parte por se recusar a sair do imóvel. O acampamento era uma forma de protesto contra a presença da PM na universidade.
Duas viaturas foram apedrejadas no início da reintegração de posse. Cerca de 400 homens da polícia participaram da ação.
CENÁRIO DE CAOS
Depois de retirar os alunos por ordem da Justiça de dentro do prédio da reitoria da USP, zona oeste de SP, a polícia encontrou um cenário de destruição e caos no prédio. A reportagem do R7 também entrou no local e encontrou cadeiras reviradas, colchões e barracas espalhados, paredes pichadas com frases contra a Polícia Militar, além de sujeira, restos de comida e garrafas de bebidas alcoólicas.
A polícia achou ainda sete bombas caseiras, chamadas de coquetel molotov, além de fogos sinalizadores em uma sala. O prédio, que estava ocupado por estudantes desde a quarta-feira (2), foi liberado por volta das 7h20. Por conta do confronto, três policiais militares ficaram feridos e cinco viaturas foram danificadas pelos estudantes da USP, segundo a PM. Ainda de acordo com Rodrigues, esses alunos ainda estão sendo identificados através de imagens e fotografias.
ENTENDA O CASO
A ocupação foi feita por um grupo de alunos, por volta da 0h30 de quarta-feira (2), após assembleia que determinou o fim da ocupação do prédio administrativo da FFLCH (Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas), que era ocupado em protesto contra a prisão de três alunos que foram pegos com maconha no campus.
As principais reivindicações dos manifestantes que invadiram a reitoria são a suspensão do contrato entre a universidade e a SSP (Secretaria de Segurança Pública) - que aumentou o efetivo da Polícia Militar no campus - e a anulação dos processos administrativos que alunos e funcionários sofrem desde outros protestos.
Fonte da Informação site R7
video

OPINIÃO
É preocupante ver alunos universitários brigando com a policia e invadindo prédios públicos para realizar vandalismo. Lutar por direitos é justo e necessário, mas, a utilização da força para isso, chama-se violência. E Np estado democrático de direito, que é o nosso caso, todos tem o direito se manifestar, mas é preciso lembrar que não se pode passar por cima dos direitos dos outros.
Os alunos que estão protestando, que agora estão presos, brigam pelo direito da “liberdade”, liberdade de seguir suas escolhas pessoais, mas é preciso lembrar que quando a minha liberdade fere a liberdade do outro, isso é uma ação perto da ditadura. Querer apoio para burlar a lei, nesse caso liberdade para fumar maconha a vontade dentro do Campus da Universidade, isso não é e nunca vai ser correto. Nem é correto ocupar espaço público e destruir-lo, com a desculpa de lutar por direitos coletivos. Sou a favor da liberdade de fazer de cada um fazer com a sua vida o que quiser, até mesmo de fumar, cheirar qualquer coisa que lhe der na teia, agora enquanto essa ação for contra a lei, os direitos da maioria precisam serem respeitados e cabe a todos fazê-lo com que isso aconteça, pois senão, teremos mais um período de ditadura, só que dessa vez uma “Ditadura do Proletariado” esclarecido sobre a maioria democrática.
Maurício Lima

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

 GOVERNO PROPÕE 15% DE AUMENTO A DOCENTES

Fotos: Franklin Costa
Pela nova proposta, os professores da rede estadual receberiam aumento de 7,5 já neste mês
Em mais uma reunião com os professores da rede estadual de ensino, o Governo do Estado apresentou ontem uma proposta de aumento salarial imediato de 15% para todos os profissionais do magistério (efetivos, temporários, aposentados e pensionistas) que será pago em duas parcelas. A primeira de 7,5%, que já seria recebida neste mês de novembro, e a segunda de 7% (sobre o novo valor) a partir de janeiro de 2012. Além dos 15%, o governo propôs gratificação de 20% para professores com título de mestrado, e de 30% para doutores. Todos os aumentos são baseados na atual tabela.
Para garantir esses aumentos, serão utilizados recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica a de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), de forma escalonada, apenas para o pagamento de salários: 75% em 2012, e 80% para os anos de 2013 e 2014. Como consequência, os investimentos na infraestrutura das escolas e material didático diminuirá em 2012 (5%) e será zero nos dois anos seguintes. Os 20% restantes serão utilizados com as despesas diárias das escolas. Outra proposta foi a implantação, a partir de 2012, do regime de um terço da carga horária para atividades de planejamento.
Segundo a secretária da Educação, Izolda Cela, com essa proposta o governo chegou ao seu limite. O único ponto que ainda pode ser modificado, disse ela, é a possibilidade de, já em 2012, utilizar mais do que os 75% propostos de recursos do Fundeb para o pagamento da folha salarial, cuja resposta será dada até a próxima quarta-feira (9). “A proposta apresentada se relaciona com todos os 11 pontos estabelecidos como parâmetro para a retomada das negociações”, disse Izolda, “de forma parcial ou integralmente”. A secretária considera o aumento da vinculação de recursos do Fundeb para o pagamento de pessoal o grande avanço da nova proposta.
A minha expectativa é que isso seja visto pela categoria como um avanço. É claro que o anseio (dos professores), que é legítimo, compreensível, é que pudéssemos de imediato, ter percentuais mais elevados de aumento. Mas a categoria precisa analisar e ver também os parâmetros de realidade. Nós estamos esses dias todos trabalhando com planilhas orçamentárias. Não estamos escondendo o jogo”, disse a secretária.
O presidente do Sindicato dos Professores do Ceará (Apeoc), Anízio Melo, considerou importante a proposta do governo e disse esperar o aumento do percentual de recursos do Fundeb para 2012. “As propostas dialogaram com os 11 pontos que eram os parâmetros para a negociação. Mas precisamos ainda de ajustes”, disse. “Achamos importante a manutenção da estrutura da carreira do nível superior, a manutenção do interstício, a manutenção da regência de classe vinculada à referencia de cada professor. Em contraposição a proposta do nível médio que repudiamos por completo”. A categoria irá decidir, em assembleia geral, na próxima sexta-feira se volta ou não à greve.

Asssembleia Geral dos professores
Quando: sexta-feira (11/11)
Hora: 15horas
Onde: Ginásio Aécio de Borba

Fonte: O Povo Online
Bruno Cabral - brunocabral@opovo.com.br